ANÁLISE MORFOMÉTRICA NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO IPOJUCA/PE E SUA RELAÇÃO LITOESTRUTURAL NOS CANAIS DE DRENAGEM

Autores

  • Adriana Cassiano Silva Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.56814/geosertoes.v6i11.1488

Palavras-chave:

Geografia Física, Geomorfologia, Geografia Ambiental

Resumo

A paisagem revela as heranças expressas nos sistemas estruturais da rede de drenagem. Dessa forma, o presente estudo objetiva pesquisar a geomorfologia fluvial e a morfometria da bacia hidrográfica do rio Ipojuca no estado de Pernambuco e sua relação litoestrutural. A metodologia compõe no uso do Geoprocessamento, na geração de mapas, em dados quantitativos, cálculos morfométricos e atributos visuais.  Nesta pesquisa foram abordados os aspectos da área da bacia, tais como: a geometria da bacia, a representação do relevo e as feições da rede de drenagem. Constatou-se que a bacia pesquisada possui elevados indícios de controle estrutural devido aos seguintes indicativos: substrato rochoso cristalino, com mega cisalhamento dextral de escala continental e suas subramificações em escala regional presente na área; o fator forma, o padrão de drenagem, a densidade de drenagem, os lineamentos e os perfis topográficos demonstraram possuir controle litoestrutural no desenvolvimento e no controle dos canais de drenagem discorrido na abordagem deste artigo.

Biografia do Autor

  • Adriana Cassiano Silva, Universidade Federal de Pernambuco
    Mestra em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco.

Referências

AB’SABER, Aziz Nacib. A Serra do Mar e a Mata Atlântica em São Paulo. Bol. Paulista Geografia, v. 2, n. 4, p. 61-70, 1950.

ALMEIDA, Camila Bezerra de; SÁ, Emanuel Ferras Jardim de; CRUZ, Liliane Rabelo; NASCIMENTO, Marcos Antônio Leite do; SILVA, Fernando César Alves da; ANTUNES, Alex Francisco. A Suíte Magmática Ipojuca: relações e implicações Tecno-Estratigráficas na sub-bacia de Pernambuco. 2o Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo & Gás. Vol. Cd, Rio de Janeiro, RJ Brasil, 2003.

ALMEIDA, Fernando Flávio Marques de; BRITO NEVES, Benjamim Bley de; CARNEIRO, Celso Dal Re The origin and evolution of the South American Platform. Earth-Science Reviews. 50, 77-111. 2000

BIGARELLA, João José; ANDRADE, Getúlio Osório. Contribution to the Study of the Brazilian Quaternary. In: WRIGHT, H. E. Jr.; FREY, D. G. (Eds.). International Studies on the Quaternary. Geology Society American Special Papers. VIII Congresso of the Internacional Association for Quaternay Research Boulder: Colorado. n. 84, 1965, p. 433-451.

BRITO NEVES, Benjamim Bley; PASSARELLI, Claudia Regina; BASEI, Miguel Angelo Stipp; SANTOS, Edilton José dos. Idades U-Pb em zircão de alguns granitos clássicos na Província Borborema. Geologia USP: Série Científica, v. 3, p.25-38, 2003.

CARDOSO, Christiany Araújo; DIAS, Herley Carlos Teixeira; SOARES, Carlos Pedro Boechat; MARTINS, Sebastião Venâncio. Caracterização morfométrica da Bacia Hidrográfica do Rio Debossan, Nova Friburgo, RJ. Revista Árvore, v.30, n.2, p.241-248, 2006.

CARMONA, Luis Christian De Montreuil. Geologia, Geoquímica e Avaliação Econômica do Migmatito “Rosa Imperial”, Domínio Meridional da Província Borborema, NE Brasileiro. Dissertação (Mestrado), Pós-Graduação em Geociências-Universidade Federal de Pernambuco-UFPE. Recife, 2002.

CHRISTOFOLETTI, Antônio. Análise morfométrica de bacias hidrográficas. Notícia Geomorfológica, Campinas, v. 18, n. 9, p. 35-64, 1969.

CHRISTOFOLETTI, Antônio. Geomorfologia. São Paulo: Edgard Blucher, 2. Edição, 1980.

CHRISTOFOLETTI, Antônio. Geomorfologia Fluvial. São Paulo: Edgard Blucher, 1981.

CORRÊA, Antônio Carlos de Barros; TAVARES, Bruno de Azevedo Cavalcanti; MONTEIRO, Kleyton de Araújo; CAVALCANTI, Lucas Costa de Souza; LIRA, Daniel Rodrigues de. Megageo¬morfologia e Morfoestrutura do Planalto da Borborema. Revista do Instituto Geológico, São Paulo, 2010.

CONDEPE. (2005). Bacia Hidrográfica do rio Ipojuca: Série Bacias hidrográficas de Pernambuco. Governo do Estado de Pernambuco, Secretaria de Planejamento, Agência Estadual de planejamento e pesquisas de Pernambuco. 64 págs.

ETCHEBEHERE, Mário Lincoln De Carlos. Terraços neoquarternários no vale do Rio do Peixe, Planalto Ocidental Paulista: Implicações estratigráficas e tectônicas. Rio Claro. 2v. Tese de Dourado – IGCE, UNESP, 2000.

FILHO, Mario Ferreira de Lima. Análise Estratigráfica e Estrutural da Bacia Pernambuco. Tese (Doutorado) – Instituto de Geociências - Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, 1998.

GARBOSSA, Renata Adriana. O controle litoestrutural na organização espacial da bacia do rio Tagacaba (Paraná): uma análise morfométrica da rede de drenagem. 2003. 118 f. Dissertação (Mestrado em Geologia Ambiental) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2003.

GEOBANK®, Serviço Geológico do Brasil – CPRM, 2007. Disponível em

<http://geobank.cprm.gov.br/> Acesso em: 03 jun. de 2020.

HACK, John T. Stream-profile analysis and stream-gradient index. Journal of Research of the U.S. Geological Survey v.1, n.4, 1973.421-429p.

HIRUMA, Silvio Takashi.; PONÇANO, Waldir Lopes. Densidade de drenagem e sua relação com fatores geomorfopedológicos na área do Alto Rio Pardo, SP e MG, Revista Instituto Geológico. São Paulo, 15(1/2), p. 49-57, jan.dez/ 1994.

HORTON, Robert E. Erosional development of streams and their drainage basins: hydrophysical approach to quantitative morphology. Geological Society of America Bulletin, v. 56. 1945. 275-370p.

JARDIM DE SÁ, Emanuel Ferraz. A Faixa Seridó (Província Borborema, NE Brasil) e o seu significado geodinâmico na Cadeia Brasiliana/Pan-Africana. Brasília, DF. 1994. 803f. Tese de Doutorado – Universidade de Brasília, 1994.

MAIA, Maria Fernanda Barroso. Revisão da Estratigrafia do Intervalo Aptiano-Albiano da Bacia de Pernambuco Nordeste do Brasil. Dissertação (Mestrado) - Pós-Graduação em Geociências, Universidade Federal de Pernambuco- UFPE, Recife,2012.

MAIA, Rúbson Pinheiro; BEZERRA, Francisco Hilário Rego. Condicionamento Estrutural do Relevo no Nordeste Setentrional Brasileiro. Revista Mercator, Fortaleza, v.13, n. 1, p. 127-14, jan/abr.2014.

MARÇAL, Mônica dos Santos; LIMA, Raphael Nunes de Souza. Abordagens Conceituais Contemporâneas na Geomorfologia Fluvial. Revista Espaço Aberto, PPGG - UFRJ, V. 6, N.1, p. 17-33, 2016

MEDEIROS, Vladimir Cruz de (Org.). Aracaju NE: folha SC.24-X: estados da Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. Brasília: CPRM, 2000. Escala 1:500.000. Programa Levantamentos Geológicos Básicos do Brasil - PLGB.

MONTEIRO, K.A.; TAVARES, B.A.C.; CORRÊA, A.C.B., Aplicação do Índice de Hack no rio Ipojuca para Identificação de Setores Anômalos de Drenagem e Rupturas de Relevo. UNESP, Geociências, v.33, n. 4, p.616-828. São Paulo: 2014.

NEWSON, Malcolm D.; NEWSON, C. L. Geomorphology, Ecology and River Channel Habitat: Mesoscale Approaches to Basin-Scale Challenges. Progress in Physical Geography, v. 24, p. 195-221, 2000.

NEVES, Sérgio Pacheco; MARIANO, Gorki; SILVA, José Maurício Rangel da. Geologia e Recursos minerais da folha Surubim, SB.25-Y-C-IV: estados de Pernambuco e Paraíba. Recife:CPRM- Serviço Geológico do Brasil, 2017. 96.

POOLE Geoffrey C. Fluvial Landscape Ecology: Addressing Uniqueness Within the River Dis¬continuous. Freshwatter Biology, v. 47, p. 641-660, 2002.

ROCHA, Dunaldson Eliezer Guedes Alcoforado da. 1990. Programa de levantamento geológico básico do Brasil: carta metalogenética/previsional. Escala 1/100.000 (folha Sc. 25-V-A-II-Vitória). Estado de Pernambuco. Brasília DNPM/CPRM. 112p

SILVA, Alexandre Marco da; SCHULZ, Harry Edmar; CAMARGO, Plínio Barboda de. Erosão e hidrossedimentologia em bacias hidrográficas. São Carlos: Rima, 2003.

SILVA, Alexandre Marco da.; SCHULZ, Harry Edmar; CAMARGO, Plínio Barbosa de. “Bacia hidrográfica como objeto de investigação técnico-científica e como unidade de gestão ambiental”. In: Erosão e Hidrossedimentologia em Bacias Hidrográficas. São Carlos: RiMa, 2007.

SILVA, Drielly Naamma Fonsêca da. Reconstrução da Paisagem Geomorfológica através da Assinatura Geoquímica dos eventos deposicionais da bacia do rio Capibaribe-Mirim, Pernambuco. Dissertaçao (Mestrado) Pós Graduação em Geografia, Universidade Federal de Pernambuco,UFPE. Recife, 2012.

SCHUMM, Stanley Alfred. A tentative classification of alluvial river channels. U.S. Geol. Surv. Circ., n.477, p.1 – 10, 1963.

TEIXEIRA, Cristiane Marques de Lima. A Terminação Oriental da Zona de Cisalhamento Pernambuco Leste e seu Magmatismo associado. Dissertação (Mestrado), Pós-Graduação Geociências, Universidade Federal de Pernambuco, UFPE. Recife, 2011.

TONELLO, Kelly Cristina. Análise hidroambiental da bacia hidrográfica da cachoeira das Pombas, Guanhães, MG. Tese (Doutorado), Ciências Florestal, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.

Downloads

Publicado

2021-09-01