A DIVERSIDADE SEXUAL NOS SERVIÇOS DE SAÚDE: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Antonio Rodrigues Sobrinho Filho

Resumo


O termo diversidade sexual é empregado para designar as várias formas de expressão da sexualidade humana. Assunto que desperta interesse das mais diversas áreas de pesquisa, mas que apesar do avanço científico, tecnológico e social dos últimos anos, continua sendo um tema carregado de mitos e falta de conhecimento. É questão que vem acompanhada de contradições e tabus, fazendo com que aqueles que não se encaixam nos seus papéis sociais previamente estabelecidos sofram de preconceito e repressão. A abordagem desses aspectos na prestação da atenção à saúde coletiva e individual é um diferencial, na medida em que resgata dimensões sociais e subjetivas da vida humana. Tal estudo trata-se de uma revisão sistemática da literatura acerca da diversidade sexual. Para identificação dos trabalhos realizou-se uma busca on-line na base de dados da Scientific Eletronic Library Online. Foram identificados noventa estudos. Após análise, dez artigos se adequavam aos critérios de inclusão e fizeram parte da amostra. Estes trazem quase sempre referências históricas sobre a formação cultural de gênero e o debate sobre a sexualidade. Outro traço comumente abordado é a divisão do trabalho. Quando da relação entre profissionais e usuários dos serviços de saúde, os artigos encontrados revelam falta de interação. Observa-se que existem poucos artigos publicados sobre o tema. A grande parte traz considerações sobre a necessidade de abordar a sexualidade para além dos aspectos biológicos, porém a maioria deles apresentam mais ideias do que propostas concretas para que tais mudanças aconteçam.


Texto completo:

PDF

Referências


CARVALHO, José Luis Felicio. Trabalho, gênero e diversidade sexual: múltiplas contribuições por uma abordagem plural. Organ. Soc., Salvador, v. 18, n. 59, p. 747-751, Dez. 2011.

COSTA, Lucia Helena Rodrigues; COELHO, Edméia Coelho de Almeida. Enfermagem e sexualidade: revisão integrativa de artigos publicados na Revista Latino-Americana de Enfermagem e na Revista Brasileira de Enfermagem. Rev. Latino-Am. Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 19, n. 3, p. 631-639, Junho 2011.

FERREIRA, G. G.; AGUINSKY, B. G. Movimentos sociais de sexualidade e gênero: análise do acesso às políticas públicas. R. Katál., Florianópolis, v. 16, n. 2, p. 223-232, jul./dez. 2013.

FREITAS, M.; DANTAS, M. (Org.). Diversidade sexual e trabalho. São Paulo: Cengage Learning, 2012.

GIR, E.; NOGUEIRA, M.S.; PELÁ, N.T.R. Sexualidade humana na formação do enfermeiro. Rev.latino-am.enfermagem, Ribeirão Preto, v. 8, n. 2, p. 33-40, Abril 2000.

MANDU, Edir Nei Teixeira. Consulta de enfermagem na promoção da saúde sexual. Rev. bras. enferm., Brasília, v. 57, n. 6, p. 729-732, Dez. 2004.

MONTEIRO, Simone Souza et al. Discursos sobre sexualidade em um Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA): diálogos possíveis entre profissionais e usuários. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 19, n. 1, p. 137-146, Jan. 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.24219/rpi.v3i2.436

Apontamentos



_________________________________________________
Revista de Pesquisa Interdisciplinar
(ISSN 2526-3560)

Revista de Pesquisa Interdisciplinar, Rua Sérgio Moreira de Figueiredo s/n - Casas Populares - Tel.: (83)3532-2000 - CEP 58900-000 - Cajazeiras-PB