Características geológicas e petrográficas da Pedra da Gávea e Pedra Bonita, Rio de Janeiro

Thais Cristina Vargas Garrido

Resumo


Os saberes geológicos produzidos no meio acadêmico configuram um auxílio adicional à compreensão científica do ambiente natural. Este artigo objetiva apresentar as características litológicas e petrográficas dos afloramentos da Pedra da Gávea e Pedra Bonita no Rio de Janeiro. O método de trabalho consistiu da caracterização dos litotipos, descrição petrográfica, fotomicrografia e classificação das rochas. O granito é o corpo intrusivo de textura porfirítica na porção superior de ambas as pedras, tendo no topo a forma aplainada sub-horizontal (soleira) e a granulação muito grossa com megacristais de feldspato, enquanto o embasamento é constituído de biotita paragnaisse migmatítico, o ortognaisse bandado e o ortognaisse facoidal.

Palavras chave: Granito, gnaisse, litologia, petrografia.


Texto completo:

PDF

Referências


Alkmim F.F. & Martins Neto M.A. (2001) A bacia intracratônica do São Francisco: Arcabouço estrutural e cenários evolutivos (p. 9–30). In: Pinto C.P. & Martins Neto M.A. (Eds). Bacia do São Francisco: Geologia e Recursos Naturais. Belo Horizonte: Sociedade Brasileira de Geologia. 349 p.

Almeida S. & Porto Junior R. (2012) Cantarias e pedreiras históricas do Rio de Janeiro: instrumentos potenciais de divulgação das Ciências Geológicas. Terrae Didatica, 8(1): 3–23.

Almeida F.F.M., Amaral G., Cordani U.G. & Kawashita K. (1973) The Precambrian evolution of the South America cratonic margin south of the Amazon River (p. 411–446). In: Nairn A.E.M. & Stehli F.G. (Eds). The ocean basins and margins. Volume 1. New York: Plenum Publishing. 583 p.

Amador E.S. (1992) Baía de Guanabara: Um balanço histórico (p. 201–258). In: Abreu M.A. (Org.). Natureza e Sociedade no Rio de Janeiro. Volume 1. Rio de Janeiro: Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Esportes, Departamento Geral de Documentação e Informação Cultural, Divisão de Editoração. 352 p.

Asmus H.E. & Ferrari A.L. (1978) Hipótese sobre a causa do tectonismo cenozoico na Região Sudeste do Brasil (p. 75–88). In: Aspectos estruturais da margem continental leste e sudeste do Brasil. Volume 4. Série Projeto REMAC. Rio de Janeiro: Petrobrás-CENPES/DINTEP. 88 p.

Backheuser E.A. (1925) Breve notícia sobre a geologia do Distrito Federal, Brasil, D. F. Estatística da cidade. Anuário 1923/1924, 5(1): 19–31.

Bicalho M.F. (2003) A cidade e o império: O Rio de Janeiro no século XVIII. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira. 492 p.

Caldcleugh A. (1825) Travels in South America, during the Years, 1819–20–21: Containing an Account of the Present State of Brazil, Buenos Ayres, and Chile. Volume 2. London: Ed. John, Murray. 406 p.

Cavalcanti A.M.S. (1950) Tecnologia da Pedra. Monografia (Curso de Engenharia), Escola Nacional de Engenharia, Universidade do Brasil, Rio de Janeiro.

Cavalcanti N. (2004) O Rio de Janeiro setecentista. A vida e a construção da cidade da invasão francesa até a chegada da Corte. Rio de Janeiro: Ed. Jorge Zahar. 443 p.

Coelho Neto A.L. (1992) O geoecossistema da floresta da Tijuca (p. 104–142). In: Abreu M.A. (Org.). Natureza e Sociedade no Rio de Janeiro. Volume 1. Rio de Janeiro: Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Esportes, Departamento Geral de Documentação e Informação Cultural, Divisão de Editoração. 352 p.

Heilbron M. & Machado N. (2003) Timing of terrane accretion in the Neoproterozoic-Eopaleozoic Ribeira orogen (SE Brazil). Precambrian Research, 125(1–2): 87–112. https://doi.org/10.1016/S0301-9268(03)00082-2

Helmbold R., Valença J.G. & Leonardos Junior O.H. (1965) Mapa Geológico do Estado da Guanabara, 1: 50.000. Rio de Janeiro. MME/DNPM.

Lamego A.R. (1938) Escarpas do Rio de Janeiro. Volume 93. Rio de Janeiro: DNPM/SGM. 71 p.

Lamego A.R. (1948) A Folha do Rio de Janeiro. Boletim n° 126. Rio de Janeiro: DNPM/DGM. 30 p.

Lamego A.R. (1964) O homem e a Guanabara. Setores da Evolução Fluminense III. Publ. 5, Série A. 2° edição. Rio de Janeiro: IBGE/CNG. 415 p.

Mansur K.L., Carvalho I.S., Delphim C.F.M & Barroso E.V. (2008) Gnaisse Facoidal: A mais Carioca das Rochas. Anuário do Instituto de Geociências, 31: 9–22.

Menezes P.C.C. (2010) Natureza construída pelo homem (p. 31–33.). In: Menezes P.C.C., Vieira A.C.P. & Issa B. (Eds). Parque Nacional da Tijuca: uma floresta na metrópole. Rio de Janeiro: Andrea Jakobsson Estúdio. 164 p.

Motoki A. (1991) Granito da Pedra da Gávea, sheet sub-horizontal ou base de plutão? (p. 155–191). In: 2° Simp. Geol. Sudeste. São Paulo: SBG/SP-RJ.

Motoki A. & Vargas T. (2001) Geologic observation of natural and artificial recovery processes of brazilian tropical forest destroyed by debris flow and bauxite mining (p. 54-55). In: International Symposium on Application of Natural Materials for Environmental Geotechnology. Tokyo: Proceeding papers.

Motoki A., Giannis H.P., Sichel S.E., Cardoso C.E., Melo R.C., Soares R. & Motoki K.F. (2008) Origem dos relevos do maciço sienítico do Mendanha, RJ, com base nas análises geomorfológicas e sua relação com a hipótese do vulcão de Nova Iguaçu. Geociências, 27(1): 97–113.

Paes Leme A.B. (1912) Gnaisses do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Typ. Gonçalves. 38 p.

Paes Leme A.B. (1930) O Depoimento do Brasil na discussão da Theoria do Deslize dos Continentes segundo Wegener. Boletim do Museu Nacional, 5(4): 41–56.

Paes Leme A.B. (1943) História física da Terra vista por quem a estudou no Brasil. Rio de Janeiro: F. Briguiet & Cia. 1020 p.

Penha H.M. (1984) Geologia do Maciço da Pedra Branca, Rio de Janeiro, RJ. Anais da Academia Brasileira de Ciências, 56(3): 1–355.

Penha H.M. & Wiedemann M.C. (1984) Granitóides da região central do Rio de Janeiro (p. 5433–5455). In: Congresso Brasileiro de Geologia. Rio de Janeiro: SBG.

Pires F.R.M., Valença J.G. & Ribeiro A. (1982) Multistage generation of granite in Rio de Janeiro, Brazil. Anais da Academia Brasileira de Ciências, 54(3): 563–574.

Porto Junior R. (1993) Petrologia das rochas graníticas das serras da Pedra Branca e Misericórdia, Município do Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Geociências), Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Geociências, Rio de Janeiro.

Porto Junior R. & Valente S.C. (1988) As rochas granitoides do norte da Serra da Pedra Branca e suas relações com as encaixantes gnaíssicas na região de Bangu, Rio de Janeiro, RJ (p. 1066–1079). Congresso Brasileiro de Geologia. Belém: SBG.

Rosier G.F. (1957) A geologia da Serra do Mar, entre os picos de Maria Comprida e do Desengano (Estado do Rio de Janeiro). Boletim DGM/DNPM, 166: 1–58.

Rosier G.F. (1965) Pesquisas Geológicas na parte oriental do Estado do Rio de Janeiro e na parte vizinha do Estado de Minas Gerais, Brasil. Boletim DGM/ DNPM, 222: 1–41 p.

Sawyer E.W. (2008) Working with migma¬tites: nomenclature for the constituent parts (p. 1–28). In: Sawyer E.W & Brown M. (Eds). Working with migma¬tites, Short Course Series. Quebec City, Canada: Mineral Association of Canada.

Silva L.C., Mcnaughton N.J., Hartmann L.A., Fletcher I.R. & Silva H.C. (2003) Zircon U-Pb SHRIMP dating of the Serra dos Órgãos and Rio de Janeiro granitic suites: implications for the 560 Ma) Brasiliano/Pan-African collage. Revista Brasileira de Geociências, 33(2): 237–244. https://doi.org/10.25249/0375-7536.2003332237244

Streckeisen A. (1973) To each plutonic rock its proper name. Earth-Science Reviews, 12: 1–33.

https://doi.org/10.1016/0012-8252(76)90052-0

Valeriano C. (2006) A Odisséia do Pão de Açúcar - As rochas contam sua história. Projeto Caminhos Geológicos. DRM-RJ. Disponível: http://www.drm.rj.gov.br (Acessado 12/02/2021).

Vieira A.C. (2010) A montanha encantadora (p. 13–30). In: Menezes P.C.C., Vieira A.C.P. & Issa B. (Eds). Parque Nacional da Tijuca: uma floresta na metrópole. Rio de Janeiro: Andrea Jakobsson Estúdio. 164 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.29215/pecen.v5i0.1690

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Autor e Revista mantêm os direitos da publicação

____________________________________________
Pesquisa e Ensino em Ciências Exatas e da Natureza
Unidade Acadêmica de Ciências Exatas e da Natureza - CFP - UFCG
Cajazeiras - PB, Brasil
(ISSN 2526-8236)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

INDEX COPERNICUS INTERNACIONAL

 

ICI WORLD OF JOURNALS